Falta de galerias de águas pluviais começa gerar problemas em loteamento novo de Altinópolis.

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

Os mais de duzentos lotes “urbanizados”, recém sorteados e entregues para famílias de baixo poder aquisitivo da cidade de Altinópolis/SP, através do programa “Casa Paulista” do governo estadual, mesmo antes de terem suas construções iniciadas, já começam a apresentar problemas.

Com investimento de R$ 2.083.084,56 para execução de obra de infraestrutura, com período de obra iniciado em 11/04/2016, com prazo de 4 meses para o término, bastou as primeiras chuvas e se mostrou não haver ali, galerias de águas pluviais.

Estivemos no local em 11/01/2017, acompanhados do Vereador e também construtor Sebastião Paulino (PTB), e este nos descreveu em vídeo, a gravidade da situação.

Segundo Paulino, as galerias realmente não existem. Sequer um bueiro existe no local, ao invés disso, “gamelas” foram abertas, mas não são suficientes para conter as águas, causando erosão e invasão de água e barro na pista de alta rodagem marginal ao loteamento.

O vereador ressalta ainda que a partir das construções, com a impermeabilização dos terrenos que deverão ser à base de concreto, a situação poderá piorar. “não haverá como absorver a água que invadirá a pista” Destaca o vereador.

Sebastião Paulino prometeu averiguar se houve descaso da administração passada na estruturação do local, e se preciso, levará o caso ao conhecimento do Ministério Público.

Importante esclarecer que a atual administração nada tem a ver com os fatos aqui narrados, mas terá; por ser de sua competência, que arcar com a esta “herança indesejada”. O vereador Sebastião Paulino, Juntamente com o prefeito Roberto JRM e engenheiros, visitou o loteamento na data de ontem. A prefeitura está a par de toda situação.

No vídeo que disponibilizamos através do link abaixo, fica fácil a identificação de mais uma possível lambança da pior administração da história de Altinópolis.

Clique e assista ao vídeo gravado com o vereador Sebastião Paulino.

https://www.youtube.com/watch?v=fJetsnfG4Kk

“A Casa Paulista estimula a execução de infraestrutura e a construção de moradias em lotes regularizados e inseridos na malha urbana. As operações são desenvolvidas em articulação entre Estado, agentes financeiros, prefeituras, proprietários de lotes, entidades organizadoras, empresas do setor da construção civil e entidades de assistência técnica”.

“Os beneficiários têm acesso a subsídios da Casa Paulista para elevar a capacidade financeira na construção do imóvel, além de assistência técnica especializada”. Fonte: Secretaria de Habitação do estado de São Paulo.

As placas do governo do estado mostram que havia dinheiro para as obras de infraestrutura. Foram feitas todas as obras necessárias? Parece que não!

 

Ademir Feliciano

 

 

Artigo Anterior

Secretário Floriano Pesaro repassa recursos para projetos sociais de Ribeirão Preto e 24 municípios da região

Próximo Artigo

Prefeitura de Altinópolis repassará R$ 1.590.000,00 para Hospital de Misericórdia nos próximos três meses.

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *