Prefeitura de Altinópolis repassará R$ 1.590.000,00 para Hospital de Misericórdia nos próximos três meses.

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

A prefeitura municipal da cidade de Altinópolis/SP, através de decreto nº 188 de 20 de dezembro de 2016; e do termo aditivo do dia 21 do mesmo mês e ano, prorrogou pelo prazo de 90 dias o convênio que mantém com o Hospital de Misericórdia para repasses de valores.

Pelo termo aditivo, a prefeitura repassará R$ 530.000,00 (quinhentos e trinta mil reais) em três vezes, sendo, Janeiro, fevereiro e março de 2017. Totalizando, R$ 1.590.000,00 (um milhão e quinhentos e noventa mil reais).

Uma forma de adiantar repasses necessários a manutenção do hospital até que um novo convênio seja firmado e assinado entre as partes. (Prefeitura e Hospital).

Ontem, 10/01/2017, R$ 268.000,00 (duzentos e sessenta e oito mil reais) já foram repassados ao HMA.

Em dezembro; portanto na gestão passada, o “Misericórdia” recebeu, conforme documentos que nos foram enviados pela prefeitura, R$ 539.000,00 (Quinhentos e trinta e nove mil reais), e no ano de 2016, inteiro, os valores chegaram a R$ 6.772.999,04 (Seis milhões setecentos e setenta e dois mil,novecentos e noventa e nove  reais e quatro centavos) de repasses municipais.  Segundo documentação oficial.

Abaixo, transcrevemos na íntegra, informação que nos foi passada pelo Secretário de Administração Eduardo Poiares, que, aliás, há que ser ressaltado, tem sido extremamente solícito conosco, não se furtando em repassar as informações de forma clara e documental. Completamente diferente do que foi a antiga administração. Transparência na gestão é isso!

O Decreto Municipal n. 188, datado de 20 de dezembro de 2016 e o Termo de Aditivo Contratual assinado em 21 de dezembro de 2016, dispõem sobre a prorrogação pelo prazo de 90 dias do Termo de Convênio assinado entre o Hospital de Misericórdia de Altinópolis e a Prefeitura Municipal, de forma que a atual Administração, a fim de auferir a legalidade destes atos, realizou diligencias perante o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, sendo que de acordo com as orientações deste órgão, bem como parecer jurídico elaborado pelos Procuradores Municipais, os autos foram devidamente autuados, com as devidas justificativas e documentos necessários, incluindo o plano operativo contemplando custos e metas para o período, e ainda remetidos em forma de extrato para a devida publicação nos órgãos de impressa legais, tudo em conformidade com o disposto nas Instruções n. 02 do TCESP, para então proceder com o devido pagamento ajustado.

 

-Portanto, está garantido o atendimento médico hospitalar da cidade de Altinópolis.

 

Ademir Feliciano.

 

 

Artigo Anterior

Falta de galerias de águas pluviais começa gerar problemas em loteamento novo de Altinópolis.

Próximo Artigo

Atual prefeito de Altinópolis decreta “Suspensão” dos pagamentos de contratos firmados na gestão anterior.

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *