//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

Finalmente preso!

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

O crime inaceitável que chocou Altinópolis, tem seu criminoso finalmente atrás das grades.

Elosmani dos Santos Saqueto, à época dos fatos, com 43 anos, fora acusado de ter abusado sexualmente de duas crianças. Uma de sete e outra de três anos de idade. Isso ocorrido em 01 de setembro de 2013, em uma fazenda da cidade de Altinópolis. Boletim de ocorrência de nº 793/2013 foi registrado na delegacia de polícia local. Após exames realizados nas vítimas pelo Instituto Médico Legal, foi constatado o estupro das vulneráveis (Crianças).

Após condenação a nove anos e quatro meses em regime fechado pelo crime deplorável cometido, Elosmani entra com apelação contra o Ministério Público do Estado de São Paulo, sustentando não existirem provas para sua condenação. Ainda, pede a desqualificação do crime de estupro de vulneráveis, para contravenção de importunação ofensiva ao pudor, e mais, pede concessão da liberdade provisória. Tudo isso feito via Advogado constituído pelo réu.

O Tribunal de Justiça, no entanto, diante das incontestes provas e exames realizados nas vítimas, em 15 de dezembro de 2014, NEGOU provimento ao recurso do acusado.

Finalmente agora, após 2 anos foragido, Elosmani está preso.

Quinta feira próxima passada, Elosmani entregou-se na delegacia de polícia de Altinópolis. Ao ser perguntado pelos policias, qual teria sido seu paradeiro durante o tempo em que ficou foragido, o réu não soube, ou, não quis responder.

Após os procedimentos de praxe, Elosmani foi transferido para cadeia pública de Santa Rosa de Viterbo, onde permanece a espera de vaga para presidio definitivo, uma vez que já foi condenado.

 

FINALMENTE PRESO. Justiça sendo feita!

 

Ademir Feliciano

 

 

 

 

 

 

Artigo Anterior

Sessão Plenária de ontem na Câmara Municipal de Altinópolis. NADA LEGAL!

Próximo Artigo

Rua do Bairro Ulisses Guimarães – Mais de 4 anos de abandono!

Confira também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.