Perdemos para Alemanha, mas não podemos perder mais uma vez, para o “BRASIL”!

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

 

 

É triste ver uma nação inteira, (mais de duzentos milhões de habitantes), arrasada com a derrota da seleção. E mais: derrota vexatória pelo inédito placar de 7X1.

É triste ver uma comunidade inteira, carente de quase tudo, que luta um ano inteiro, se doa, se dá; e ao final, vê o título de sua escola de samba de coração, escapar ao ouvir a nota dos jurados: Escola de Samba “TAL” Nota 8.8. O choro é inevitável. Perder o título de campeã do carnaval por míseros 1.2 pontos. Mas no ano seguinte, está lá, a mesma comunidade carente, a finco. a todo vapor; disputando mais um carnaval.

São exemplos de tristezas inerentes à pura emoção. Não há razão quando se ama. Se ama e pronto!

Se ama e pronto?

E o Brasil; onde entra nessa história?

Falo do verdadeiro Brasil. O Brasil dos descamisados, o Brasil dos abandonados, o Brasil dos analfabetos, o Brasil dos desempregados, o Brasil dos sem teto, o Brasil dos sem comida, o Brasil sem saúde digna, o Brasil sem educação, o Brasil escorchado,o Brasil que não cuida de sua água,de seu ar, de sua gente.  O Brasil ETERNAMENTE DEITADO em berço de “arame farpado”.

É desse Brasil que precisamos cuidar. A emoção é típica de um povo TROPICAL, latino e quente como o povo brasileiro, mas a razão, esta sim, a razão precisa ser aflorada para que possamos, ao invés de sabermos de cor a escalação completa de Nossa Seleção de Futebol, saibamos também e principalmente, a escalação completa dos que nos vão representar por mais quatro anos a fio. Somos nós, todos nós eleitores, os “FILIPÕES” dessa comissão técnica que convocará e escalará um time que terá em suas mãos o poder de decisão sobre nossas vidas.

É triste ver o brasileiro sofrer por estar fora da Copa do Mundo. Mas, é muito mais triste, ver o brasileiro sofrer por inconsciência total e absoluta quando o quesito em disputa é: O seu próprio destino!

Perdemos para a Alemanha por 7X1 e estamos fora da disputa da Copa do Mundo, mas não podemos perder para nós mesmos e entregarmos ao bel prazer dos politiqueiros profissionais, mais quatro anos de nossas vidas.

Quando seu time de coração não vai bem o que que você espera que seu técnico faça? Mude o time não é? Pois bem! O nosso time (BRASIL de fato) não está nada bem! Só que nesse jogo, o técnico, ou, os técnicos, somos nós. O “Felipão” está sendo tachado de incompetente por não mudar a forma de jogar e ter sujeitado a seleção ao maior vexame da história das copas. Isso é fato! Nós, os técnicos brasileiros, nós, os eleitores com poder de escolha, vamos manter o mesmo time que está jogando feio e levando o Brasil a vexames ainda maiores? (Mensalões, Petrobras, Doleiros, Cachoeiras, Etc., Etc., e Etc…..). Nós vamos manter o mesmo time em campo? Quanta incompetência a nossa caros colegas e compatriotas brasileiros.

A maior disputa que nosso time (Brasil de fato) irá enfrentar, se dará agora em 2 turnos. Um em 05 de outubro, e o outro, em 26 do mesmo outubro. Vamos ver se a gente acerta né! Está errado? Vamos mudar! O time está velho, obsoleto, viciado, descompromissado, arcaico e desonesto? Poxa vida! É hora de tentar o novo!

Queiramos ou não, não tem jeito. O futuro em jogo será o nosso. Mas o VOTO que determinará esse futuro, também será o nosso!

 

É taça na raça “BRASIL”!

 

Ademir Feliciano

 

 

Artigo Anterior

Receitas e Despesas do Município de Altinópolis de 2008 a 2014.

Próximo Artigo

O básico sobre o “plebiscito constituinte” que quer mudar o Brasil – Parte 1

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *