Repasses de verbas do SUS para Hospital de Misericórdia de Altinópolis, após os 710.524 atendimentos mentirosos.

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

 

 

RECURSOS IAC = FEDERAL

A primeira parcela de incentivo para os hospitais que entregaram o convênio, termo aditivo, e POA até 30.11.13.

DIA 02.01.14. = 570.687.63

DIA 07.01.14  = 219.320,52

TOTAL = 790.008,15 – Hospital pagou 05 meses de médicos atrasados. (agosto/13, setembro/13, outubro/13, novembro/13 e dezembro/13).

Pagou a folha de pagamento dos funcionários mês de dezembro e os encargos e pagou fornecedores.

Prestação de contas mês de janeiro de 2014.

 

RECURSO FEDERAL = IAC =  PRIMEIRA PARCELA JANEIRO/14.

Dia 20.01.14. = 219.320,52

Dia 20.01.14 = 190.708,80

Dia 30.01.14 = 83.000,00

Dia  30.01.14 =  16.667,00

TOTAL = 509.969,66. 15% ficaram retidos na Prefeitura de Altinópolis para que a comissão: (Hospital, Secretaria de Saúde e conselho) avaliasse se o Hospital cumpriu as metas do POA (Plano Operativo Anual).

Hospital pagou funcionários, médicos e fornecedores.

Prestação de contas do dinheiro Federal Mês de Fevereiro de 2014.

 

RECURSO FEDERAL = IAC =  SEGUNDA PARCELA FEVEREIRO/14.

Dia 07.02.14. = 221.000,00

Dia 17.02.14 = 669.296.80

TOTAL = 890.296,80. 15% ficaram retidos na Prefeitura de Altinópolis para que a comissão (Hospital, Secretaria de Saúde e conselho) avaliasse se o Hospital cumpriu as metas do POA (Plano Operativo Anual).

Hospital pagou funcionários, médicos e fornecedores.

Prestação de contas da verba Federal Mês de Março de 2014.

 

RECURSO FEDERAL = IAC =  TERCEIRA PARCELA MARÇO 2014.

Dia 19.03.14 = 590.336,30

TOTAL= 590.336,30. 15% ficaram retidos na Prefeitura de Altinópolis para que a comissão (Hospital, Secretaria de Saúde e conselho) avaliasse se o Hospital cumpriu as metas do POA (Plano Operativo Anual).

Hospital pagou funcionários, médicos e fornecedores.

Prestação de contas do dinheiro Federal Mês de Abril de 2014.

 

RECURSO FEDERAL = IAC =  QUARTA PARCELA ABRIL/14.

Dia 14.04.14 = 590.336,30

TOTAL = 590.336,30. 15% ficaram retidos na Prefeitura de Altinópolis para que a comissão (Hospital, Secretaria de Saúde e conselho) avaliassem se o Hospital cumpriu as metas do POA (Plano Operativo Anual).

Referente ao POA de Janeiro de Fevereiro, o Hospital não cumpriu a meta 100% e a Prefeitura  repassa 50% do que ficou retido (comissão do Hospital, Secretaria e conselho de saúde aprovam que o Hospital cumpriu somente 50%).

Dia 14.04.14 =   42.138,08 – POA de Janeiro de 2014

Dia 14.04.14 =   42.138,08 – POA de Fevereiro de 2014.

GASTOS SERÃO APRESENTADOS NA PRESTAÇÃO DE CONTAS DA VERBA FEDERAL NO TÉRMINO MÊS DE MAIO de 2014.

 

DÚVIDAS A SEREM ESCLARECIDAS:

REPAREM QUE A SEGUNDA E TERCEIRA PARCELAS DE 790.000,00 (SETECENTOS E NOVENTA MIL REAIS)- TOTAL 1.580.000.00- (UM MILHÃO, QUINHENTOS E OITENTA MIL REAIS) QUE VIERAM PARA PREFEITURA DE ALTINÓPOLIS (EMBORA VALORES EXTREMAMENTE ERRADOS PARA MAIOR), A PREFEITURA NÃO REPASSA PARA O HOSPITAL E O PREFEITO ALEGOU PARA REPÓRTER QUE JÁ GASTOU O DINHEIRO.

NO CONVÊNIO ENCAMINHADO PARA BRASÍLIA, NO VALOR DE 8.094.000,00;

COM A PRODUÇÃO DE MAIS 710 MIL PROCEDIMENTOS, COMO QUE O HOSPITAL ESTÁ CONSEGUINDO CUMPRIR AS REGRAS DO POA COM AS QUANTIDADES DE PROCEDIMENTOS REALIZADOS NO HOSPITAL? NÃO TERIA QUE SER A MÉDIA DA PRODUÇÃO?

OLHA A MÁ FÉ DE QUEM REALIZOU O PROJETO PARA BRASÍLIA E BRINCOU COM VEREADORES, CONSELHO DA SAÚDE, DIRETORIA DO HOSPITAL E O MINISTÉRIO DA SAÚDE.

== QUEM FEZ O PROJETO VIU OS 710.524 PROCEDIMENTOS E SOMOU CHEGANDO O VALOR DE “OITO MILHÕES E TANTO”.

== QUEM FEZ O PROJETO PARA CUMPRIR O POA, NÃO VIU OS 710.524 PROCEDIMENTOS PARA SE CUMPRIR? LÓGICO! SE COLOCASSEM  NO POA A MÉDIA, O HOSPITAL NUNCA IRIA CUMPRIR!

A POLÍCIA FEDERAL NÃO TERÁ MUITO TRABALHO PARA APURAR QUE QUEM FEZ TODO PROJETO PARA BRASÍLIA SABIA COMO ENGANAR TODO MUNDO, E ENGANOU! ATÉ QUE CARMEN BARUFALDI LEVOU AS PROVAS E FEZ A DENUNCIA.

Tudo ficando muito claro como deve ser.

 

 

Ademir Feliciano

 

Artigo Anterior

Nanão: um “Rei Midas” ao contrario!

Próximo Artigo

Papel dos conselheiros de saúde

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *