//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

Justiça condena internautas por ‘curtir’ e compartilhar post no Facebook

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

Ao curtir ou compartilhar algo no Facebook o usuário mostra que concorda com aquilo que está ajudando a divulgar. Levando esse fato em consideração, o Tribunal de Justiça de São Paulo incluiu os replicadores de conteúdo em uma sentença, fazendo com que cada um seja condenado junto com quem criou a postagem.

O caso foi relatado nesta manhã pela colunista da Folha de S.Paulo Mônica Bergamo, segundo a qual a decisão, inédita, será recomendada como jurisprudência para ser aplicada sempre que uma situação semelhante surgir.

O processo em questão envolve um veterinário acusado injustamente de negligência ao tratar de uma cadela que seria castrada. Foi feita uma postagem sobre isso no Facebook e, mesmo sem comprovação de maus tratos, duas mulheres curtiram e compartilharam. Por isso, cada uma terá de pagar R$ 20 mil.

Relator do processo, o desembargador José Roberto Neves Amorim disse que “há responsabilidade dos que compartilham mensagens e dos que nelas opinam de forma ofensiva”. Amorim comentou ainda que a rede social precisa “ser encarado com mais seriedade e não com o caráter informal que entendem as rés”.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/39175/39175

 

 

Comentemos:

A partir dessa decisão, temos que ficar atentos ao curtirmos ou compartilharmos postagens no Facebook, isso porque, tal decisão servirá de embasamento para futuras condenações.

 

A decisão virou jurisprudência e isso implicará em condenação mutua. De quem postou e de quem curtiu ou compartilhou.

 

Devemos, em minha opinião, filtrar também as postagens que são colocadas em nossa “Linha do Tempo” por qualquer um, sem que saibamos. Há como filtrar isso também.

 

Não é justo que paguemos por algo que não fizemos.

 

CUIDADO ao curtir ou compartilhar, e mais cuidado ainda com quem você tem como amigo no seu “face”.

 

Ta cheio de canalhas soltos na rede, escrevendo o que bem entende, covardes, que escrevem e compartilham em sua linha do tempo sem te consultar ou sem que você saiba. Exclua a postagem e se você for inteligente, exclua quem postou.

 

Em breve, vou lhes apresentar um caso que processará quem escreveu e, uma pena, quem comentou e compartilhou; e o mais triste: quem teve postado em sua pagina sem saber, no mínimo terá que responder.

 

Não se permita responder por algo que você não escreveu.

 

Ademir Feliciano

 

 

 

Artigo Anterior

Consequências de panfletos “APÓCRIFOS”.

Próximo Artigo

Romeu Tuma Júnior lança livro com acusações graves a membros do governo

Confira também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.