Médicos não recebem salários no Hospital de Altinópolis!

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

 

Recebemos agora a pouco, questão de meia hora atrás, informação passada por um medico do Hospital de Misericórdia de Altinópolis, (preservaremos a seu pedido, sua identidade) que a mais de três meses, não recebe salário.

Segundo o medico, isso está acontecendo não só com ele, mas com mais profissionais da área.

A situação do Hospital, ainda segundo o profissional, é precária em vários aspectos, desde os pagamentos de provimentos salariais, até medicamentos dos mais básicos.

O Dr. Nos confidenciou estar cansado de tanta falta de respeito com os profissionais, e com tanta falta de cuidado com a instituição que cuida da saúde humana.

Palavras dele: “Não se faz isso com uma área tão imprescindível para a população. Aqui cuidamos de gente e nós também somos gente”.

De acordo com o medico, até mesmo os estagiários de medicina, estão tendo dificuldades em receber.

Tentamos contato com o provedor do Hospital de Misericórdia, senhor Walter Manço Filho, que também é sócio da empresa que presta todo serviço contábil ao hospital, porem, sem sucesso. Segundo informação de funcionaria sua de nome “Laura” “Manço” não se encontra na cidade.

Prosseguimos com nossa tentativa de ouvir alguém responsável pelo hospital e arriscamos via telefone, falar com a senhora Carmem, responsável pelo administrativo do “Misericórdia”, porem, a informação é que Carmem só estará na cidade na próxima segunda feira.

R$ 6.000.000,00 por ano destinado ao Hospital de Misericórdia, e não pagam os médicos?

Onde está sendo empregado esse dinheiro?

Alguns mil reais eu sei onde estão e estes não falham.

Os salários dos advogados, estes são sagrados. R$ 3.792,32, para Evaldo Custodio, aquele mesmo do contrato irregular com a prefeitura, e com farmácia da filha vendendo horrores na gestão passada. Evaldo alias, faz parte da diretoria do Hospital onde presta serviços de advocacia e recebe conforme copia de cheque que temos em mão.


Poxa vida, onde mais esse cara pode receber na mesma Administração Municipal? Vai ser competente assim La em COCHABAMBA!

Outros R$ 4.287,90 são pagos a Alexandre Trancho, qual não conheço, mas também presta serviços de advocacia.


Será que um hospital de cidade tão pequena, que recebe uma verba “GORDA” por ano, R$ 6.000.000,00, precisa de tantos advogados assim? Quantos problemas jurídicos deve ter esta instituição?

Não pagar os médicos, e não deixar de pagar os advogados, só tem uma solução! Fecha-se o Hospital e abre-se no lugar, UM BELO ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA!

Escritório de advocacia “JESUS MISERICÓRDIA” não é um nome sugestivo?

Nanão” é bom de Saúde e Educação!

Quando você for reclamar do péssimo atendimento do Hospital de Misericórdia, não brigue com o medico e nem com os funcionários. Brigue com o Vereador que trabalha La dentro e não está nem ai. “Toninho do Hospital”. Brigue com o provedor Walter Manço Filho, Brigue com o Nanão e com os vereadores que aprovaram o repasse de verbas e não fiscalizam nada.

Lembrem-se, os médicos são profissionais de saúde. Profissionais, e como tal, devem receber por seu trabalho.

Vejam que o prefeito ganha R$ 13.000,00 mês sem fazer nada a não ser “Falcatruas”.

O vice-prefeito ganha R$ 7.500,00 para coçar o saco.

Um Secretario Municipal ganha R$ R$ 6.500,00 e no caso do antigo da saúde Willian José ainda fornecia com sua farmácia ao Hospital.

Um vereador ganha R$ 4.500,00 e não investiga nem onde foi parar a verba que ele aprovou ser liberada.


 

Vocês querem respostas para suas perguntas?

 

É por isso Altinópolis!

Ademir Feliciano

 

Artigo Anterior

Em Santo Antonio da Alegria não basta ser Prefeito, tem que ser bom de Congada!

Próximo Artigo

Veja porque Altinópolis parou no tempo!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *