Justiça Eleitoral determina que PT devolva R$ 50 mil ao Fundo Partidário.

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

Extraído de: Agência Brasil  – 24 de Abril de 2012

 

Daniella Jinkings

Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou hoje (24) que o Partido dos Trabalhadores (PT) devolva R$ 9 mil aos cofres públicos e cerca de R$ 50 mil ao Fundo Partidário. Na sessão desta noite, os ministros da corte Eleitoral também aprovaram as contas do partido referentes ao exercício financeiro de 2006.

Segundo o relator, ministro Marcelo Ribeiro, os R$ 9 mil foram gastos pelo partido com bebidas alcoólicas e os R$ 50 mil lançados na prestação de contas são de origem não identificada. De acordo com a Lei dos Partidos Políticos, os balanços dos partidos devem conter a origem e valor das contribuições e doações.

A lei determina ainda que, nos casos em que o partido apresente a prestação de contas sem observar o disposto na lei, o repasse das cotas do Fundo Partidário fica suspenso até o esclarecimento feito pela legenda à Justiça Eleitoral.

Para Ribeiro, a insignificância do percentual dos recursos, menos que 0,1%, afasta a rejeição das contas, tendo em vista o princípio da proporcionalidade. A decisão foi tomada pela maioria dos ministros, com exceção do ministro Março Aurélio Mello, que votou no sentido de aprovar as contas sem ressalvas.

Edição: Rivadavia Severo

Artigo Anterior

Pais e alunos reclamam de violência em escola estadual de Batatais, SP

Próximo Artigo

PT e PMDB usaram Cachoeira para abafar apurações

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *