QUE É O MENTIROSO, ADEMIR FELICIANO OU CARLÃO DU SOM E SEU ADVOGADO?

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

QUE É O MENTIROSO, ADEMIR FELCIANO OU CARLÃO DU SOM E SEU ADOGADO?

È publico na cidade de Altinópolis, que eu respondo a processo movido pela Auto Elétrica Providencia, por denuncias que fiz informando à população que o referido auto- elétrico, era de propriedade do vereador “Carlão Du Som”, e que por tanto, não poderia prestar serviços a prefeitura como vinha e vem prestando. Isso quem diz é a lei, não sou eu.

Pois bem: colhi entrevista do vereador antes de soltar matéria, onde “Carlão Du Som”, me informava que realmente havia montado o centro automotivo, mas que antes de se candidatar, havia vendido para um terceiro.

Conversei com este terceiro por telefone, e ele também me negou que houvesse participação societária de “Carlão Du Som” em sua suposta empresa.

Baseando-me em documentos que tenho em mãos, Ex: contrato social do auto Elétrico e a declaração de bens do vereador a justiça eleitoral, não me convenci e soltei a matéria denunciativa. Fui processado por calunia pelo centro automotivo e pelo vereador em questão.

Nos autos do processo, o advogado de Carlão, Edmar Voltolini, vulgo Mangão,(o mesmo que tentou me matar a pauladas) atesta categoricamente que Carlão jamais foi proprietário do providencia, dando a entender que eu havia mentido.

O vereador atesta ao TRE que era proprietário de 50% do providencia, depois diz que não era mais, no contrato social sua esposa aparece por vezes como proprietária, depois não aparece mais, as contas telefônicas do providencia estão em nome de “Carlão Du Som”, e eu que sou o mentiroso?

Sendo de propriedade de qualquer cidadão ou cidadã com cargo eletivo, ou com cargo publico, não pode prestar qualquer tipo de serviço, ou fornecimento ao município onde tem ligação publica. È a lei e tem que ser cumprida.

O mesmo caso ocorre com a “Astro Peças” de propriedade da esposa do Vice Prefeito, Luis Valter Ferreira. Representação neste sentido, mofa a tempos na mesa do promotor. Se ele bem quisesse já teria apresentado denuncia, pois a “Astro Peças” vende para o município há muito tempo.

Voltando ao caso do vereador.

Ele diz firmemente que não é proprietário da Auto Elétrica! Nem ele, nem sua esposa. Estou sendo processado por ele e pela auto- elétrica por mentira, calunia e difamação.

Ouçam abaixo a entrevista que colhi na tarde de ontem, 16/02/2012, de um candidato a vaga de mecânico no Centro Automotivo Providencia e respondam: Quem é o mentiroso dessa historia toda? Nanão e Ferreira não sabem que o centro automotivo é do vereador? Sim sabem e mesmo assim contratam com ele. Improbidade administrativa; devem ser cassados.

Os vereadores não sabem que o providencia é de “Carlão Du Som”? Sim sabem e não fazem nada. Devem responder por isso também.

A comissão de licitação e compras não sabe dessa falcatrua abominável? Sim sabem e deve responder solidariamente a este crime administrativo.

O financeiro da prefeitura que faz o pagamento e assina os cheques, não conhece o caso? Sim conhece e deve também responder por isso.

O vereador “Carlão Do Som” sabedor que está cometendo crime administrativo, sabedor que mentiu para o TRE, mentiu para mim em entrevista dada, comete improbidade administrativa e quebra o preceito básico do Decoro Parlamentar. Deve por tanto, ser cassado, ou pelo menos ter processo administrativo ou “CI” abertos na câmara para apurar as irregularidades cometidas. Deve também, se condenado e cassado, devolver aos cofres públicos tudo que ganhou de forma indevida e criminosa e ficar impedido por tempo determinado de contratar com o poder publico. É A LEI!

Lei 8666/93 em seu Artigo 9º Art. 9o

Não poderá participar, direta ou indiretamente, da licitação ou da execução de obra ou serviço e do fornecimento de bens a eles necessários: III – servidor ou dirigente de órgão ou entidade contratante ou responsável pela licitação. Art. 54. Os Deputados e Senadores não poderão: II – desde a posse:

a) Ser proprietários, controladores ou diretores de empresa que goze de favor decorrente de contrato com pessoa jurídica de direito público, ou nela exercer função remunerada; Isso se aplica também para vereadores

Tem algum homem na Câmara Municipal para encabeçar essa frente? OBS: O carro de som que faz inúmeras propagandas de rua para prefeitura, que tem estampado os dizeres “Som Carlos Propaganda” também é de propriedade do “Carlão do Som”. E ninguém faz nada.

Processe-me novamente vereador, porque eu já me antecipei e lhe processei, a você e o seu advogado, por mentirem descaradamente para justiça.

Eu tinha três testemunhas que presenciaram o mecânico e a entrevista que me deu. Conforme foto em tela.

Ouçam a entrevista repito! Tirem suas conclusões. Quem é mentiroso?

Ademir Feliciano

Artigo Anterior

Pastor nigeriano visita o altiaqui.

Próximo Artigo

Aprovada lei da ficha limpa- valida para 2012

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *