SANTO ANTONIO DA ALEGRIA-INOVAÇÃO GASTRONOMICA

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

Histórico

Santo Antonio da Alegria, com pouco mais de 6 mil habitantes, situado próximo à divisa com o Estado de Minas Gerais, na região nordeste do Estado de São Paulo, a 90 km de Ribeirão Preto.

O município tem um histórico de tradições culturais relacionados ao folclore (Santos Reis e Congadas) a mais de cem anos. Destaca-se pelas belezas naturais, cachoeiras, morros e serras ideais para a prática de esportes radicais, bóia-cross, parapente, rapel.

Santo Antonio da Alegria é referência na qualidade de vida para os idosos (a melhor cidade do Estado de São Paulo) e na produção artesanal de produtos caseiros: doces, queijos, shancrist, bolachas, mel, cachaça.

A principal atividade econômica do município é a exploração agropecuária, produção de café; leite; laranja; hortifrutigranjeiros (tomate e pimentão, suínos e frango), cujos produtores, na maioria, enquadrados na economia familiar.

Ações do Governo Municipal

Incubadora de Empresa

O atual Prefeito, Ricardo da Silva Sobrinho, com espírito inovador, visando aproveitar o potencial de empreendedorismo da população alegriense, principalmente no ramo de gastronomia, está implantando a Incubadora de Empresa, construída através de recursos do Governo Estadual, com 7 boxes, no ramo de alimentação, com objetivo de atender de forma integrada o pequeno empresário, oferecendo oportunidades de expandir seu negócio, com equipamentos adequados para a produção de produtos caseiros e também abrir mercado para o pequeno produtor de leite do município, agregando valor, através da venda direta.

Os empreendedores inseridos na Incubadora, 7 (sete) empresas, irão produzir queijos, doces, bolachas, sancrish, geléia de mocotó, sendo o leite é a principal matéria prima. A produção de leite do município vem na sua maioria da agricultura familiar, onde o pequeno produtor tem dificuldade em vender sua produção, por ser pequena e de obter melhores preços. Com a instalação da Incubadora, proporcionará a estes produtores o escoamento de sua produção e aumentar a renda.

Também foram adquiridos com recursos do Governo Estadual, equipamentos adequados, tais como: resfriador de leite; caldeiras; câmaras frias; empacotadora e pasteurizadora de leite, que proporcionará condições para o desenvolvimento dos empreendedores para ampliarem e qualificarem sua produção, racionalização de custos e melhorarem a sua renda e geração de empregos.

Somados as diversas ações do poder público municipal e do espírito empreendedor dos alegrienses que acreditaram e investiram na sua vocação para crescer com solidez, as empresas estão se desenvolvendo, expandindo seu negócio e abrindo novos horizontes. Os empresários estão se qualificando, implantando código de barra, e muitos produtos caseiros já estão nas prateleiras dos supermercados da região, com possibilidades enormes de crescimento, tendo em vista a qualidade dos produtos.

O setor gastronômico tem crescido significativamente nos últimos anos, no município, gerando renda, empregos e atraindo turistas. São aproximadamente 30 (trinta) empreendedores na atividade de produção de produtos caseiros de forma artesanal, gerando empregos para 70 (setenta) trabalhadores.

Quem visita Santo Antonio da Alegria quer experimentar os tradicionais doces do interior, aquele doce de leite (seco ou em pasta), doce cristalizado, geleia de mocotó, queijos, shancrist, bolachas, mel, produzidos na cidade.

 

Artigo Anterior

Procon, Ministério Público e Apas firmam acordo sobre questão das sacolas plásticas

Próximo Artigo

FIQUE ATENTO AOS SINTOMAS DO INFARTO. CUIDE-SE!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *