A MAIS PURA VERDADE SOBRE O ESGOTO EM SANTO ANTÔNIO DA ALEGRIA.

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

A MAIS PURA VERDADE SOBRE O ESGOTO EM SANTO ANTÔNIO DA ALEGRIA.

A cidade de Santo Antônio da Alegria (sua atual administração) foi alvo na semana passada de denuncias em mídia local, referentes à situação do tratamento do esgoto e de seu matadouro municipal.

Policia Ambiental, CETESB e uma rede de televisão estiveram na cidade simultaneamente (Estranho Né?), fizeram suas averiguações, a noticia foi passada pela emissora e tanto Policia Ambiental quanto CETESB, não autuaram e nem multaram a prefeitura. (Estranho Né?)

A alegação da denuncia, seria esgoto in natura sendo despejado diretamente no córrego pinheirinho e caixas de (PVs) todas abertas, coisa que nunca ocorreu.

Estivemos no dia de ontem, 06/12/2011, na cidade de Santo Antônio da Alegria e fomos atrás do que poderia realmente ter ocorrido: descobrimos!

Solicito especial atenção aos leitores para os pormenores de nossas constatações.

A rede de esgoto da cidade, é composta por varias caixas de captação (PVs) que recebem o esgoto, separam os detritos maiores e despejam via canalização todo o restante direto na represa (PINICÃO) onde é tratado.

Vejam que nas ditas caixas de (PV) existe uma canalização aberta que leva o esgoto direto para represa, e outra que fica sempre fechada, com tampão justo e bem apertado para impedir que o esgoto escoe para o córrego pinheirinho. Pois bem! Uma noite antes das denuncia, alguns “paus mandados”, foram até as caixas. Numa delas os indivíduos retiraram a tampa pesadíssima e jogaram pelo menos uns 5 metros de distancia para forjarem um possível desleixo por parte da administração.

Noutra caixa, esta a mais grave, os canalhas retiraram a tampa, entupiram com saco de areia a tubulação de acesso do esgoto a represa de tratamento e sacaram o tampão que impedia que o esgoto fosse jogado no córrego. Resultado: naquele dia, o esgoto foi sim despejado no córrego (In Natura), porem, proveniente de uma armação escusa e criminosa de gente desesperada com o bom andamento da cidade. Coisa que em seus cancerosos mandatos, não conseguiram.

A população de Santo Antonio da Alegria, que durante os mandatos do ex-prefeito João Batista Mateus de Lima, só via crescimento de seu próprio patrimônio, não merece passar por este estado de sujeira que a turma putrefata do ex-prefeito tenta lançar na cidade.

O próprio João Batista, foi visto na manha das denuncias, fotografando o local que o seu pessoal havia fraudado. Isso vocês podem constatar na entrevista que fiz com o funcionário municipal responsável pela estação de tratamento. A citada entrevista segue logo ao final desta matéria, na integra e sem edição.

Mais duas pessoas ligadas a Batista, teriam chegado juntos a CETESB, Policia Ambiental e rede televisão no local dos fatos. Seriam eles Jolly e Jessica, funcionários de uma radio comunitária local que segundo informações, é de propriedade de João Batista Matheus.

Jolly e Jessica foram responsáveis pela denuncia!

Com relação ao matadouro municipal (que eles não conseguiram forjar nada) nada de irregular foi encontrado pelos órgãos de fiscalização.

Alias, vale lembrar que o matadouro atende de forma satisfatória e dentro da legalidade, os oito açougues que a cidade tem. A carne fornecida por estes açougues é de qualidade tamanha que moradores de cidades vizinhas, estão constantemente em Santo Antonio para comprá-la. Uma cidade do Tamanho de Santo Antonio da Alegria, com oito açougues e carne de qualidade, o matadouro seria no mínimo inquestionável.

Felizmente, a população de um modo geral, não suporta mais políticos da estirpe do ex- prefeito alegriense e estão dando um basta para gente de sua laia.

Oposição é sempre bem vinda, quanto a isso não há o que discutir. Porem, destruir o que está correto na tentativa criminosa de burlar a imagem de um governante só porque ele é competente e você não. È coisa de insano. 

Política não se faz mais assim. Se algo está errado na administração e você detecta, faça sua parte e denuncie. Mas, forjar situações, para tirar proveito escuso na tentativa desesperada de voltar ao poder, só poderia dar nisso: UM TIRO BEM NO PROPRIO PÉ!

O “Modus Operandi” dos bandidos da política é sempre o mesmo. Destroem o que o adversário fez, denunciam, e pousam de bonzinhos. Parece uma cidade que eu conheço cujo prefeito é do m esmo partido deste que citei aqui. (estranho né?) sem contar os comandantes “Grande Mamífero e seu pai Tubarão Rossi”.

Esse é o PMDB!

P– Partido

M– de Moleques

D– Destruidores

B– do Bem público

Espero, com este esclarecimento VERDADEIRO, ter colaborado com a população alegriense.

Ademir Feliciano

Artigo Anterior

Pizzaria”Tio Tonho” Convida!

Próximo Artigo

Coluna “Antonio Galvão”.

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *