CURTINHAS DO ALTIAQUI!

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:


 

DIGA-ME COM QUE ANDAS E EU…….


Ex- prefeito de Santo Antonio da AlegriaJoão Batista Mateus” volta ao PMDB com festa.

Depois de 3 mandatos como prefeito da cidade, “Batista” responde junto ao Ministério Público por possíveis irregularidades cometida em seu ultimo mandato, que iniciou-se em 2001 e findou-se em 2008 por conta de reeleição. Solidários ao ex-prefeito estão na mira do Ministério Publico: sua esposa e um cunhado.

Fiz questão de vir a Santo Antonio. A volta do João Batista ao PMDB significa que estamos reescrevendo a história do partido na cidade. O PMDB de Santo Antonio está mais forte, representativo e se preparando muito fortemente para as eleições municipais de 2012. O João Batista é muito bem-vindo. “Na realidade, o bom filho a casa torna”, declarou Baleia Rossi

Comentemos: Se é um bom filho; a casa não parece ser tão boa assim.

“Volto feliz, principalmente porque encontro um novo PMDB, forte, democrático e muito bem conduzido pelo presidente Baleia Rossi e os outros integrantes da Executiva Estadual. É um novo momento e com o apoio desses companheiros, o PMDB de Santo Antonio tem daqui para frente um futuro de conquistas”, afirmou João Batista.

Comentemos: Conquistas pra Quem? Eis a questão!

 

“TA RECUSADO, TA TUDO RECUSADO”!

As contas da ultima campanha eleitoral do prefeito de AltinópolisNanão” foram recusadas (rejeitadas) pelo TER SP. Isso é de conhecimento geral da nação.

Recursos e mais recursos vem sendo tentados na legitima e pertinente defesa a qual todos temos direito. Porem, rejeições e mais rejeições vem sendo proferidas pelas instancias percorridas.

Deu cupim nessa madeira” e a coisa está cada vez mais, digamos, IMPOSSIVEL DE REVERTER.

Não vão reverter e isso segundo informações, cabe também ao vice- prefeito, afinal as contas rejeitadas foram, alem das do prefeito, também as da chapa.

PMDB tenta recurso extraordinário, sem sucesso. Rejeitaram.

PSDB, a mesma coisa!

Xiiii Marquinho! Será que terão candidatos?

Segue abaixo, resultados de recursos tentados por Nanão e seus advogados.

RECURSO EXTRAORDINÁRIO NO AGRAVO DE INSTRUMENTO 12.098 – ALTINÓPOLIS/SP
RECORRENTE: MARCO ERNANI HYSSA LUIZ

ADVOGADOS: LUIZ SILVIO MOREIRA SALATA E OUTROS

Assunto: PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CANDIDATO – DESAPROVAÇÃO / REJEIÇÃO DAS CONTAS – PREFEITO
Trata-se de recurso extraordinário a respeito de matéria cuja repercussão geral foi reconhecida pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento do RE 591.470-RG/MG, Rel. Min. Cármen Lúcia:

Agravo Regimental desprovido.
Como visto, a data da prolação da sentença ou acórdão constitui o marco temporal para a incidência das normas que disciplinam a matéria recursal, vigorando, na espécie, o princípio da irretroatividade da lei nova.
No caso vertente, não só o acórdão recorrido foi publicado sob a égide da legislação anterior, como a própria interposição do recurso especial também ocorreu dentro desse mesmo período, em 8 de setembro de 2009 (fl. 450).
Em outras palavras, a lei processual nova incide sobre os atos praticados a partir do momento em que se torna obrigatória, não alcançando, todavia, os atos consumados sob o império da legislação anterior, em respeito ao ato jurídico perfeito e até para que se evite tratamento desigual às causas sujeitas à mesma via impugnatória, porém cujos recursos são remetidos a esta Corte em datas diversas.
Assim, não existindo, à época, disposição legal que respaldasse a interposição do recurso especial, a decisão agravada deve ser mantida.
Ante o exposto, nego seguimento ao agravo de instrumento, nos termos do art. 36, § 6o, do RITSE.
Publique-se.

Brasília-DF, 23 de outubro de 2010.

Fonte: TSE.

RECURSO EXTRAORDINÁRIO NO AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 12098 (39492-78.2009.6.00.0000) ALTINÓPOLIS-SP 202ª Zona Eleitoral (ALTINÓPOLIS)

RECORRENTE: MARCO ERNANI HYSSA LUIZ

ADVOGADOS: LUIZ SILVIO MOREIRA SALATA e Outros

Ministro Marcelo Ribeiro

Protocolo: 25.428/2009

Trata-se de recurso extraordinário a respeito de matéria cuja repercussão geral foi reconhecida pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento do RE 591.470-RG/MG, Rel. Min. Cármen Lúcia:

CONSTITUCIONAL. DIREITO ELEITORAL. PRESTAÇÃO DE CONTAS. CABIMENTO DE RECURSO ESPECIAL ELEITORAL. ART. 121, § 4º, DA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA. REPERCUSSÃO GERAL RECONHECIDA.

1. Tem repercussão geral a questão constitucional relativa à delimitação da competência que a Constituição da República outorgou ao Tribunal Superior Eleitoral para examinar recurso especial eleitoral (art. 121, § 4º, da Constituição da República), mormente no que diz respeito à dúvida de seu cabimento nas prestações de contas de campanhas eleitorais.

2. Relevância jurídica e transcendência de interesses caracterizados.”

Isso posto, aguarde-se em Secretaria o julgamento de mérito, pelo Supremo Tribunal Federal.

Após, voltem-me conclusos.

Publique-se.

Brasília, 10 de junho de 2011.

Ministro RICARDO LEWANDOWSKI

Presidente –

Fonte: Publicação em 17/06/2011 Diário da Justiça Eletrônico Pag. 36. Despacho de 10/06/2011.

 

NA BOATE AZUL, TUDO PODE!!!!!!!!!!!!!

Caminhos de Cajuru, ah! Se tu pudesses falar.

Festa junina em mês de julho? Sim na boate azul pode!

Caraca! Foi ontem e eles estavam La? Sim na boate azul pode!

Tinha carro oficial? Não sei , mas se tinha, na boate azul pode!

Tinha gente do governo? Tinha. Na boate azul pode!

Havia muitas caminhonetes? NUUUUU! E como. Na boate azul pode!

Há quem diga que os melhores clientes da casa se reuniram por la ontem e a gastança do erário foi DESCOMUNAL.

COMO QUE ESTES FREQUENTADORES EXPLICAM AS DIGNISSIMAS ESPOSAS, estas saidinhas repentinas? Não sei, na boate azul pode!

Dizem algumas línguas afiadas que até palestras e congressos são realizados na boate azul.

Também….. La tudo pode!

Boate azul” o paraíso dos mal resolvidos (em todos os sentidos. TODOS MESMO!!!!)

 

Hasta la vista baby!!!!!!!!!!!!!!

 

Artigo Anterior

Promotor enxerga indícios de crime

Próximo Artigo

Mulher da terra fazendo historia em outros ares.

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *