VAMOS RELEMBRAR O CASO “PALITEIRO”?

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

VAMOS RELEMBRAR O CASO “PALITEIRO”?

Nada mais se comentou a respeito do prédio que chamo de “paliteiro”, antigo salão paroquial, que teria sido vendido pelo padre “Cardoso” por R$ 60.000,00, e posteriormente revendido a um grupo de pessoas e então LOCADO à prefeitura de Altinópolis por R$ 900,00 mês, com o propósito de implantar ali um lindo projeto chamado “Incubadora de Empresas”. (que eu tomo a liberdade de chamar de “Enganadora de Empresas”) afinal não tem nada La!Só Blá-Blá-Blá!

O tempo passou, o prefeito viajou, e o prédio continua La, alugado e sem o funcionamento de referido projeto.

Fui recentemente processado pelo “Padre Cardoso”, e um dos motivos do processo, alem de calunias e difamações, foi justamente o famoso “PALITEIRO”

Por tanto, caros e amigos leitores, reproduziremos abaixo e na integra (em áudio) o que disse em entrevista à época em que com ele estive o “Padre Cardoso”

As palavras e a forma como elas são proferidas, falam por si só e verdadeira verdade!


Clique aqui e ouça a entrevista do Padre Cardoso.


Ademir Feliciano
Filiado à ABRAJI- Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.

Artigo Anterior

Presidente do Sindicato Aceita Convite do altiaqui e Rasga o Verbo em Entrevista!

Próximo Artigo

CURTINHAS DO ALTIAQUI!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *