COLUNA ANA MARIA GOMES DA SILVA (Aninha)

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

COLUNA ANA MARIA GOMES DA SILVA (Aninha)

Porcos viram o cocho em que comem!

Na semana passada, entrei em contato com minha prima Geralda que mora em Pernambuco, para saber notícias da família. Papo vai, papo vem, Geralda que tem ótimo humor, me conta uma passagem ocorrida em uma cidadezinha de temperatura agradável, altitude considerável e linda de se viver, localizada nos arredores de Caruaru.

Num sábado qualquer, foi realizado um casamento na tal cidadezinha. Casamento esse, dizem as boas línguas, realizado às pressas, pois a noiva tinha pavor de ficar encalhada… E não acertando a tarrafa no namorado anterior, foi com o atual mesmo, bem ao estilo: “Quem não tem cão caça com gato”. Mesmo que isto lhe custe sessões de pancadas esporádicas e de choro interminável! Pois bem, isto não é o que interessa. Só quis mostrar como Prima Geralda é detalhista e como as notícias correm nas cidades com poucos habitantes!

Dentre os convidados presentes, estava um alto funcionário do governo local. Homem este cheio de soberba e mediocridade (embora pareçam antagônicas, elas geralmente caminham juntas), extensa ficha corrida em administração pública, enfim, uma ratazana! Vamos chamá-lo de Sr. Ratz. Fica mais simpático.

Convidados todos acomodados, beliscando salsichas e mussarela, a conversa fluindo e o Sr. Ratz passa a se manifestar:

― O homem para quem trabalho (imagina-se que é o prefeito) é um verdadeiro Louco! Anda com uma sacolinha de remédios controlados para cima e para baixo. Fica trancafiado no banheiro de sua casa por horas a fio uivando como um bicho, quando contrariado, faz bico, bate o pé e corre para o colo da mãe. Não agüento mais. A cada medida descabida dele, tenho que limpar a sujeira… E foi falando, falando… O povo ao redor, estava ouvindo atentamente, quando alguém pergunta:

― Quem vale menos? O contratado ou o contratante?!

Moral da história: “Quem com porcos se mistura, farelo come”. “Somente os porcos viram o cocho em que comem”. “Os semelhantes se agrupam”.

ATENÇÃO: Isto é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. Somente eu e minha Prima Geralda é que somos personagens reais. Utilizei o nome de Ge, pois é uma prima muito querida e de humor impagável!

Ana Maria Gomes da Silva – contato: aninhabeauty@hotmail.com

 

Artigo Anterior

Depois dizem que eu pego pesado, vejam o que vem abaixo!

Próximo Artigo

Movimento Contra Corrupção quer incentivar eleitor a denunciar

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *