PEC da federalização dos crimes contra jornalistas começa a tramitar no Senado

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:

PEC da federalização dos crimes contra jornalistas começa a tramitar no Senado

A Proposta de Emenda à Constituição, que leva para a esfera federal a apuração dos crimes cometidos contra jornalistas, começou a tramitar nesta quarta, 9, no Senado Federal. Caso venha a ser aprovada nas duas casas do Congresso, poderá receber o nome de Lei Tim Lopes, em referência ao jornalista assassinado em 2001 no Rio de Janeiro quando investigava a exploração sexual em bailes funk.

 

A PEC é de autoria do senador Roberto Cavalcanti (PRB-PB) e reuniu a assinatura de 29 parlamentares.

 

Ao fixar a competência dos juízes federais para processar e julgar crimes praticados contra jornalistas em razão de sua profissão, o senador acredita que evitará interferências políticas locais nas investigações.

 

De acordo com a organização Repórteres Sem Fronteira, já foram cometidos 12 assassinatos de jornalistas somente no primeiro semestre deste ano.

 

Junto com a PEC, Cavalcanti também apresentou o Projeto de Lei do Senado (167/2010) que determina a prioridade nas investigações dos crimes contra profissionais de imprensa.

 

A proposta consiste em alterar a redação do inciso I do art. 429 do Código de Processo Penal, que estabelece critérios de preferência na organização da pauta de julgamentos do Tribunal do Júri, para incluir os homicídios praticados contra jornalistas.

 

ABRAJI

 

Artigo Anterior

Câmara dos Deputados lança cartilha “Ética e Cidadania nas Eleições 2010”

Próximo Artigo

ALTIAQUI VAI A CAMPINAS E ENTREVISTA PRESIDENTE DA CAMARA MUNICIPAL.

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *