COLUNA DE IRÃ DE ALMEIDA FELICIANO

Autor: Nenhum comentário Compartilhe:



Irã de Almeida Feliciano, estudante de Historia, 20 anos, residente em São Paulo Capital. Musico instrumentista e compositor. Jovem antenado com a realidade dos fatos, não se deixa levar por falsos pregadores da fé, nem por idealistas cujo carater tenha sinal de mácula. Atitude é seu lado mais forte, e cultua o Rock in Roll na mais pura escencia do alternativo. Viva o Guns N’Roses!

 

 

Haiti….Um pouco tarde para o mundo lembrar deles não acham?

Há quanto tempo o Haiti é uma das economias menos favorecidas do mundo?Faz quanto tempo que grande parte desse povo passa fome, necessidade?E precisou de uma catástrofe de tamanha proporção para o resto do planeta lembrar desse pequeno país?O que acontece é que no mundo de hoje o que importa são os investimentos, ou melhor, os altos investimentos. O que ganhariam os Estados Unidos se investissem uma pequena porcentagem de sua renda na evolução do Haiti?

 

Absolutamente nada. Mais ai me pergunto: e porque tanto investimento no Iraque,no Afeganistão, bom a resposta e obvia ne?De certa forma, patriota ou não, devemos dar um grande credito a nossa ilha de vera cruz, afinal de contas fomos os únicos talvez, a oferecer um pouco de luz a esses “coitados”, o Brasil que não e La aquele pais visto La de fora, mas mesmo assim a solidariedade fala mais alto.

Crucificaram-nos tanto ao ajudarmos o coitadinho do presidente de Honduras que foi injustiçado, mas mesmo assim mantivemos a nossa idéia e continuamos. Que o Brasil lute pela justiça, pela igualdade!Pena que isso só acontece internacionalmente, porque aqui, dispensamos comentários. Bom, voltando ao assunto, hoje o Haiti se sente perdido, sem luz no fim do túnel, e acreditando na bondade dos países de “primeiro mundo”. Até o dia em que tudo voltará ao normal e novamente serão abandonados.

Devemos também levar em consideração, que nada vem de graça, será que um dia essa suposta divida será cobrada?É pouco provável que os gringos precisem de algo do Haiti, mas ate um pouco tempo atrás, vieram pedir dinheiro aqui no Brasil!Vocês não sabem como isso me deixou feliz!Hipocrisia pura desses países, uma ajuda obrigatória, afinal de contas se não fizessem nada, seriam cobrados e não ficaria muito bem para eles.


Vamos torcer para que a reconstrução do Haiti seja rápida, que medidas sejam tomadas para maior segurança desse povo, e que o mundo olhe mais para os países que realmente estão precisando de ajuda, precisando de apoio, de uma luz no fim do túnel!

E louvemos ao Brasil, porque pelo menos dessa vez, fora a copa do mundo, da orgulho de ser brasileiro!

Irã de Almeida Feliciano- São Paulo- Capital

 

 

Artigo Anterior

CORINGÃO FORA DA COPINHA!

Próximo Artigo

COLUNA DE ROBERTO LEITE

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *